Vitória volta a perder e ainda não garante permanência na Série B.

Por: Aloísio Coutinho | Fonte: A Tarde.

O Vitória foi derrotado por 2 a 1 no confronto contra o América-MG e desperdiçou a chance de garantir a sua permanência na Série B. O duelo aconteceu nesta sexta-feira, 15, no Independência, pela 36° rodada rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Coelho foram marcados por Ricardo Silva e Juninho, enquanto Matheus Rocha diminuiu pelo Rubro-Negro.

Com o resultado, o Leão se mantém momentaneamente na 13° posição, mas pode ser ultrapassado por Guarani e Oeste. Mesmo com a derrota, o Rubro-Negro ainda pode se livrar do temido rebaixamento ainda nesta rodada, basta que o Londrina perca seu jogo, e que Criciúma e Vila Nova também não vençam.

O jogo

O Leão saiu atrás logo no início do duelo. Com apenas dois minutos de jogo, o zagueiro Ricardo Silva aproveitou bola levantada na área para cabecear entre os zagueiros do Vitória e abrir o placar para o América-MG. O coelho quase ampliou aos cinco, quando após uma sobra de bola, o atacante Felipe Azevedo bateu forte e a bola ‘tirou tinta’ da meta Rubro-Negra.

Debaixo de muita chuva que castigou o estádio Independência, o Coelho seguia melhor. Aos 14, após boa triangulação, a bola sobrou com o volante William Maranhão, que invadiu a área e chutou forte para bela defesa de Martín Rodriguez.

O Vitória só chegou com perigo aos 17, quando Wesley arrancou em velocidade, invadiu a área e chutou cruzado para defesa do goleiro Airton. O Leão voltou a levar perigo aos 26. O lateral-direito Matheus Rocha tentou cruzar, mas a bola foi direto para o gol, obrigando Airton a trabalhar novamente.

No entanto, o primeiro tempo era todo do América que pressionou no fim da primeira etapa. Com 40 minutos, Martín fez grande intervenção em finalização de Juninho. Três minutos depois, Felipe Azevedo chutou forte a direita do gol. Aos 44, novamente Juninho bateu pro gol, o goleiro uruguaio rebateu mal, mas conseguiu se recuperar.

Infeliz com o desempenho do Vitória no primeiro tempo, Geninho resolveu mudar a equipe logo no intervalo. O atacante Anselmon Ramon deu lugar ao jovem Eron. Foi possível notar uma postura diferente da equipe que começou a marcar mais a saída de bola do adversário mineiro. A mudança deu resultado cedo. Com quatro minutos da segunda etapa, Matheus Rocha aproveitou contra-ataque para dar um bela drible no marcador e acertar um chutaço para empatar o duelo.

Entretanto, o América que briga por uma vaga no G-4 da Série B foi para cima em busca do triunfo, e não demorou muito para voltar a frente do placar. Aos 13, o volante Juninho aproveitou sobra na entrada da área e mandou para o fundo das redes. Coelho na frente de novo.

Com o América dominando a partida, o Vitória chegava nos contra-ataques. Assim que Wesley, aos 20, quase empatou a partida. Ele recebeu em velocidade, ficou cara a cara com Airton, mas mandou na trave. Logo depois, Geninho, em busca do empate, sacou o zagueiro Zé Ivaldo para mandar a campo o atacante equatoriano Jordy Caicedo.

Mesmo com a mudança, o Vitória não conseguia reter a bola e nem levar perigo ao gol do clube mineiro. Muito pelo contrário, o Coelho quase ampliou com Flávio aos 40. O meia bateu forte de fora da área e obrigou Martín a fazer grande intervenção. Um minuto depois Mateusinho fez boa jogada na linha de fundo e cruzou para Junior Viçosa que tentou de letra, mas a zaga do Rubro-Negro afastou. O Leão continuou sem assustar o América e amargou mais uma derrota na competição.

Por: Aloísio Coutinho | Fonte: A Tarde.

Para comentar esta notícia você deve está logado no Facebook, os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, e não representam a opinião deste site. Se algum comentário violar os termos de uso, denuncie.

This will close in 20 seconds