Home / Acidentes / Pescadores afetados pelo óleo, são cadastrados para levantamento que será encaminhado ao governo federal.

Pescadores afetados pelo óleo, são cadastrados para levantamento que será encaminhado ao governo federal.

Confira programação de cadastro realizado pela Bahia Pesca. Ação ocorre para indicar as pessoas afetadas e para que o Governo Federal possa desenvolver políticas compensatórias emergenciais.

Por: Aloísio Coutinho. Fonte | G1 Bahia.

A Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura da Bahia (Seagri), vai cadastrar pescadores e marisqueiras afetados pelo óleo que tomou o mar do nordeste brasileiro há pouco mais de dois meses.

Conforme o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira, o cadastramento tem o objetivo de indicar quem são as pessoas afetadas pelo desastre ambiental, de forma que o governo federal possa desenvolver políticas compensatórias emergenciais.

Técnicos da empresa estão visitando, ao longo desta semana, diversas comunidades de pescadores para fazer o cadastramento dos profissionais prejudicados pelo desastre ambiental.

Em Salvador, o cadastramento será realizado na Feira de São Joaquim, no bairro da Calçada, nesta quarta-feira (6) até as 16h. Já na região metropolitana e interior da Bahia, serão cadastrados, até sexta-feira (8), pescadores e marisqueiras de Jandaíra, Lauro de Freitas, Subaúma, Camaçari e Entre Rios. [Confira a programação abaixo]

Para se cadastrar, os pescadores devem levar RG, CPF, NIS, comprovante de residência e, se houver, Registro Geral de Pesca (RGP).

Programação de cadastramento (sempre das 8h às 16h)

  • Jandaíra (comunidade de Abadia): quarta-feira (6)
  • Entre Rios (na praia de Subaúma): quarta-feira (6)
  • Salvador (Feira de São Joaquim): quarta-feira (6) e quinta-feira (7)
  • Entre Rios (na Associação de Moradores de Massarandupió): quinta-feira (7)
  • Jandaíra (comunidade de Cachoeira): quinta-feira (7)
  • Jandaíra (comunidade de Mangue Seco): sexta-feira (8)
  • Lauro de Freitas (praia de Buraquinho): sexta-feira (8)
  • Camaçari (em Arembepe): sexta-feira (8

Manchas na Bahia

Manchas de óleo quando chegaram à praia da Pituba, em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1 BA
Manchas de óleo quando chegaram à praia da Pituba, em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1 BA

As manchas de óleo começaram a chegar à Bahia em 3 de outubro, quase um mês após o início do problema no país. Ao menos 30 cidades baianas e o Parque Nacional de Abrolhos já foram atingidos. O Governo do Estado decretou situação de emergência.

Os pequenos fragmentos de óleo foram detectados em Abrolhos – berço de baleias-jubarte e de espécies raras de corais foram confirmados pela Marinha no dia 2 de novembro. Por causa disso, a visitação a Abrolhos foi suspensa por três dias.

Desde o início da semana, quando praias de municípios próximos foram contaminadas, pescadores realizavam uma força-tarefa para impedir que o petróleo chegasse a essa região, porém a ação não impediu o problema.

Por: Aloísio Coutinho. Fonte | G1 Bahia.

Para comentar esta notícia você deve está logado no Facebook, os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, e não representam a opinião deste site. Se algum comentário violar os termos de uso, denuncie.

Sobre Aloísio Coutinho

x

Check Also

Batida entre carreta e caminhão mata uma pessoa e deixa outra ferida

Segundo ViaBahia, caso ocorreu na altura de Poções, no sudoeste da Bahia. Motorista da carreta ...

Quatro feridos e criança morta após acidente de carro

Uma criança de 8 anos morreu e outras quatro pessoas da mesma família ficaram feridas ...

Itabela | Raios atingem fazenda, mata gado e causa prejuízos de quase R$ 45 mil.

Dezesseis cabeças de gado morreram neste sábado, 4, após serem atingidas por um raio na fazenda ...