Mãe de pastor relata à polícia que filha biológica de Flordelis era amante de Anderson

Por: Aloísio Coutinho / Fonte: O São Gonçalo

A mãe do pastor Anderson do Carmo, Maria Edna do Carmo, 64 anos, disse durante depoimento à Polícia Civil que havia boatos de que o filho teria um caso com Simone dos Santos, uma das filhas biológicas da pastora Flordelis dos Santos (PSD-RJ). A jovem é de um relacionamento anterior da deputada federal. Maria Edna relatou que soube da informação por uma pessoa da igreja.

A mãe de Anderson, assassinado na madrugada de 16 de junho, relembrou que o discurso da pastora mudou desde abril, e nas pregações ela dizia que “o diabo havia entrado em sua família”. 

Maria Edna revelou, ainda, que, na adolescência, Anderson e Simone chegaram a namorar, mas a filha foi trocada pela mãe. No entanto, a filha estaria tentando matar Anderson com ajuda de Flordelis. A mãe de Anderson diz acreditar na participação de Flordelis na morte do pastor, além de Simone, uma das netas, e de Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico da pastora que está preso acusado pelo crime.

No depoimento, a mulher diz que um dos filhos de Flordelis contou que a pastora determinava que remédios fossem colocados na comida de Anderson e havia reuniões na casa da família para sondar como o pastor poderia ser morto, já que o medicamento não estava fazendo o efeito esperado.

A mãe de Anderson, que mora em São Paulo, disse que em uma última viagem viu o filho muito doente, mas ele afirmou que não procurava o médico e sentia muitas dores após as refeições. Já Flordelis afirmou a polícia que seu marido fazia tratamento médico. 

Por: Aloísio Coutinho / Fonte: O São Gonçalo

Comenta essa Matéria

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.