Home | POLÍTICA | Ex-prefeitos e mais quatro são presos no âmbito da Operação Fraternos

Ex-prefeitos e mais quatro são presos no âmbito da Operação Fraternos

*Por: Aloísio Coutinho / RP: 0006314-BA

A Polícia Federal cumpriu seis mandados de prisão preventiva contra os ex-prefeitos de Eunápolis e Porto Seguro, Robério Oliveira e Cláudia Oliveira, e mais quatro pessoas investigadas no âmbito da Operação Fraternos.

Além de Robério e Cláudia, também foram alvo da ação o ex-vice-prefeito de Porto Seguro Humberto Nascimento, o Beto Axé Moi, Ricardo Luiz Rodrigues Bassalo, Marcos da Silva Guerreiro e o empresário de festas Edimilson Alves de Matos. A PF informou que há foragidos, mas não informou quais acusados ainda não foram localizados.

Os mandados, expedidos pelo Juízo da Vara Criminal Federal de Eunápolis, a partir de representação encaminhada pelo Ministério Público Federal, foram cumpridos nas cidades de Porto Seguro, Eunápolis, Vitória da Conquista e Salvador.

Foi determinado ainda o afastamento imediato do cargo do prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, também investigado na Operação Fraternos, pelo prazo de 180 dias, além do sequestro de bens e valores de cerca de R$11 milhões dos investigados.

Segundo a PF, a operação teve por objetivo desarticular uma organização acusada de fraudar e desviar recursos de licitações realizadas pelas prefeituras de Porto Seguro, Eunápolis e Santa Cruz Cabrália, entre os anos de 2008 e 2017.

Os detidos devem passar por audiência de custódia ainda nesta terça-feira, para verificação de possibilidade de prisão domiciliar, com tornozeleira eletrônica.

A reportagem ainda não conseguiu ouvir a defesa dos acusados.

*Fonte: Radar64

Comentários

Sobre Aloísio Coutinho