Home / CURIOSIDADES / Após termino de noivado, médico ‘casa’ com ele mesmo: ‘Não desisti do amor’

Após termino de noivado, médico ‘casa’ com ele mesmo: ‘Não desisti do amor’

Cerimônia foi feita em Itacaré, como ato simbólico para celebrar o amor próprio, após desilusão amorosa.

Um médico de Rondônia viralizou nas redes sociais após compartilhar imagens da cerimônia de casamento dele… com ele mesmo. A festa aconteceu no dia 27 de outubro, em Itacaré, no sul da Bahia, como um ato simbólico de amor próprio, após rompimento do relacionamento com o noivo.

Diogo Rabello conta que o casal já estava com data marcada para o casamento, quando o relacionamento acabou.

“Eu estava noivo, e nós tínhamos uma data marcada para nossos casamento, em Itacaré, e no meio do caminho a gente acabou terminando. Porém, a gente passa por aquele processo de ‘onde foi que eu errei? O que eu fiz de errado?’, sendo que eu me conheço e eu sei que fui verdadeiramente na relação”, disse o médico.

Com a desilusão amorosa, Diogo conta que passou a se conhecer melhor. Durante momentos de autoanálise, ele optou por selar um “pacto de amor próprio” com o ato simbólico do casamento.

“Fazendo essa análise, eu comecei a descobrir meus pontos fortes, os meus valores e aí pensei: ‘Se eu entreguei minha vida a uma pessoa, e ela recusou, a única pessoa que vai me valorizar de verdade vai ser eu mesmo. Então não pensei duas vezes. Vou casar comigo, fazer esse ato simbólico para poder divulgar para as pessoas que o primeiro amor que que você tem que ter é o amor a si mesmo”, falou.

“Eu fiz isso como uma manifestação, para que as pessoas busquem encontrar o amor dentro de si, e não esperar que alguém venha completa-las”, diz Diogo Rabello.

Com a cerimônia acompanhada pela família e pelos amigos, Diogo conta o que aprendeu ao praticar o amor próprio, e dá conselho para quem está passando pela mesma situação de término de relacionamento.

“Eu aprendi que a gente precisa amadurecer, eu aprendi que tudo na vida são lições. Eu acho que foi necessário eu passar por isso, para eu descobrir o meu valor. Então a lição é: ‘Curta sua vida, curta a viagem, curta todas a suas experiências e tente tirar o melhor proveito de tudo’. Então, o que poderia ter sido uma tragédia, eu disse que fiz uma comédia, um casamento divertido com minha família e com meus amigos”.

“Coisas boas e ruins vão acontecer nas nossas vidas, e a gente que escolhe como vai responder a elas”.

O médico fala também que recebeu críticas na internet, mas que também teve retornos positivos de pessoas que se identificaram com ele.

“Eu recebi tantas mensagens de pessoas dizendo que ficaram inspiradas, que era uma coisa que precisava ouvir, que passou pela mesma situação. As críticas que recebi simplesmente desaparecem no meio de tanto de agradecimento. Eu recebi pouca crítica, e quando aparece, eu nem procuro saber”, afirma.

Apesar do casamento simbólico com ele mesmo, Diogo não desistiu do amor romântico.

“Não desisti do amor. Ainda vou realizar meu sonho de achar um companheiro para poder crescer junto, construir uma família, viajar o mundo e ajudar o mundo também. Então, estou solteiro, apesar de casado”.

“A lua de mel eu acho que estou tendo todo dia, comigo mesmo”.

Por: Aloísio Coutinho / Fonte: G1 Bahia

Sobre CouttinhoP